ActualCulturaRegional
21 Abril, 2018

“A sedução de uma vírgula bem colocada” no MACE

“A sedução de uma vírgula bem colocada – The pull of a well placed comma” é o título da nova exposição patente no Museu de Arte Contemporânea de Elvas até 4 de novembro.

A mostra inaugurou na tarde deste sábado, 21 de abril.

As obras fazem parte da Coleção António Cachola, Coleção Maria e Armando Cabral e Coleção José Carlos Santana Pinto e a exposição coletiva tem curadoria de João Mourão e Luís Silva.

Curador Luís Silva

Para o curador João Mourão, o MACE “tem assumido cada vez mais uma relevância nacional e internacional” e sublinhou a importância desta exposição “com peças de diferentes artistas (…) o que permite observar uma transição muito interessante”.

António Cachola, considerou este um “dia grande para o MACE”, uma vez que “a coleção residente está a ser apresentada pela primeira vez em diálogo com outras coleções”.

As obras em exposição são de de Allan McCollum, André Guedes, André Romão, Belén Uriel, Camille Henrot, Carl Andre, Céline Condorelli, Daniel Buren, Daniel Steegmann Mangrané, Daniel Van Straalen, Doug Aitken, Hanne Darboven, Haris Epaminonda, Heim Steinbach, João Maria Gusmão + Pedro Paiva, John Baldessari, Joseph Kosuth, Lawrence Weiner, Leonor Antunes, Luisa Cunha, Lygia Pape, Maria Loboda, Musa Paradisiaca, On Kawara, Pedro Barateiro, Pedro Cabrita Reis, Ryan Trecartin, Sérgio Carronha, Sturtevant, Tatiana Trouvé e Wolfgang Tillmans.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.

Deixar uma resposta