ActualRegional
12 Agosto, 2020

Setor dos eventos em manifestação no Terreiro do Paço. Empresas elvenses presentes.

A Associação Portuguesa de Serviços Técnicos para Eventos (APSTE), movimento criado durante a pandemia, organizou uma ação de sensibilização, no Terreiro do Paço, em Lisboa.


Várias empresas elvenses do setor marcaram presença nesta manifestação.

CR Produções
Empresas Retiros Místicos; Creativ Led e Soundwave

O principal destinatário foi governo, “por forma a que se consiga promover o diálogo junto dos agentes governamentais e para que os mesmos tomem, urgentemente, as medidas necessárias para que a indústria dos eventos e dos espetáculos sobreviva neste tão especial contexto”, explica a associação no seu manifesto.

“As empresas que compõem a APSTE representam mais de mil postos de trabalho diretos e cerca de três mil indiretos, entre os quais se encontram técnicos de som, iluminação, vídeo, riggers, stage hands e outros profissionais. Segundo um inquérito realizado pela APSTE, durante o mês de maio, 93% das empresas associadas não efetuaram despedimentos até à data, mas 60% recorreram ao lay-off. Além disso, revela que 56% das empresas não têm liquidez para pagar os salários nos meses de agosto e setembro”, enquadra o manifesto.

Para assinalar o protesto foi criado um vídeo mapping nas fachadas do Terreiro do Paço. Fotografias dos espaços vazios, armazéns cheios, empresas vazias, e frases que refletem o estado de espírito do sector foram algumas das imagens projetadas.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.