Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
ActualCultura
29 Junho, 2016

XXIV Festival Sete Sóis Sete Luas

O Festival Sete Sóis Sete Luas traz a Elvas artistas de França, Guiné-Bissau e Itália, para uma festa multicultural sem fronteiras.

Um Festival que se destaca pela originalidade e empenho na união de diferentes povos e culturas. Um Festival que defende os valores das tradições mediterrâneas e lusófonas, através das melodias, dos sabores e das cores. Falamos do Festival Sete Sóis Sete Luas que ao longo de 24 anos, tem construído uma das maiores redes culturais da Europa.

Ao todo são 30 cidades que todos os anos recebem música, exposições e degustações dos mais variados e únicos artistas. Com o importante apoio do Município de Elvas, a cidade prepara-se assim para receber mais uma vez, uma programação cultural promissora que o público pode disfrutar de forma gratuita, durante os meses de junho e julho.

Dia 30 de junho, quinta-feira, pelas 22 horas, é esperada a companhia de circo acrobático, aéreo e humorístico francesa Les P’tits Bras, na Praça da República, em Elvas. Protagonistas das mais exuberantes acrobacias, estes multifacetados artistas têm o poder de deixar qualquer pessoa de boca aberta!

Dias 8 e 9 de julho, sexta-feira e sábado, é realizado um laboratório de gastronomia aberto a cozinheiros locais (max. 15 pessoas). Os cozinheiros vão ter a oportunidade de aprender os mistérios dos  salazones de Ceuta, peixe caraterístico da antiga colónia portuguesa. O peixe é visto como uma tradição milenária que ainda se encontra bem viva em pleno século XXI.

No dia 9 de julho, sábado, pelas 21.30 horas, o público tem a oportunidade de provar a iguaria, através de uma degustação de sabores do Mediterrâneo.

Pelas 22 horas, o palco da Praça da República, dá entrada ao triunfal artista Manecas Costa, da Guiné-Bissau. O artista vai certamente surpreender, devido à sua grande carreira, composta igualmente de êxitos, como de conquistas, tais como uma nomeação para o Grammy Awards em 2009 e a sua associação à BBC, que produziu a grandiosa obra “De Gumbe Paraíso”.

No seguimento desta experiência de sabores, nos dias 15 e 16, sexta-feira e sábado, é realizado mais um laboratório aberto aos cozinheiros locais, com o chef esloveno Filip Matjaz, que vai desvendar alguns dos seus segredos gastronómicos aos seus aprendizes. A passagem da mágica passarola pela antiga cidade de Elvas, termina no sábado 16 de julho, com a degustação de sabores da região da Istria (Eslovénia), fruto do laboratório referido, e com um concerto de música popular italiana de estilo cigano.

Pelas 21.30 horas, é organizada uma degustação gratuita de tapas para todo o público e, às 22 horas, vai estar em palco a banda Acquaragia Drom. A popularidade da banda em festivais de música internacionais é uma confirmação do seu inegável talento. Com ritmos apaixonados, melodias e contos intermináveis de histórias improváveis, o grupo fará uma despedida triunfal do FSSSL em Elvas.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.