Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
ActualRegional
20 Fevereiro, 2020

João Moura: “não tratei mal os meus cães”

O cavaleiro nega os maus tratos, mas a verdade é que as imagens divulgadas pela GNR mostram uma realidade sombria e chocante.

O cavaleiro João Moura foi detido pelas autoridades e constituído arguido, no âmbito de um processo crime de maus-tratos e abandono de animais de companhia, no concelho de Monforte.

O Comando Territorial de Portalegre, através do Posto Territorial de Monforte e do Núcleo de Proteção Ambiental, divulgou imagens chocantes dos animais pertencentes a João Moura.

Em declarações ao jornal O Farpas, o Cavaleiro reconhece que “alguns estavam magros”, acrescentando de imediato, “mas não os tratei mal”.

João Moura acrescenta que “agora vão instruir o processo e vai seguir para a frente. Já prestei as minhas declarações e estou em casa tranquilo e com a consciência tranquila. Não matei ninguém, não roubei ninguém, não tratei mal os meus cães”, atestou.

Apesar destas afirmações, a verdade é que as imagens divulgadas pela GNR mostram uma realidade bem mais sombria e chocante.

Recorde-se que na sequência de uma investigação por maus-tratos a animais de companhia, os militares apuraram que os referidos cães se encontravam subnutridos e que não lhes eram prestados os devidos cuidados de bem estar-animal.

Na sequência das diligências de investigação foi dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária, o que resultou no resgate de 18 cães por se encontrarem subnutridos e sem condições de salubridade. Os animais foram recolhidos pela Câmara Municipal de Monforte, para receberem cuidados veterinários.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.