ActualRegional
2 Outubro, 2017

Elvas: Mocinha nos “Braços do Povo” com Maioria

O Partido Socialista liderado por Nuno Mocinha ganhou com maioria absoluta as eleições autárquicas no concelho de Elvas.

O PS contabilizou 48,93%, com 5.387 votos, elegendo quatro mandatos para os próximos quatro anos na Câmara Municipal de Elvas.

Nuno Mocinha foi recebido em festa junto à sede de campanha do PS, no centro histórico de Elvas, e agradeceu aos elvenses, afirmando que “este resultado é bem expressivo do que os elvenses queriam”.

O autarca reeleito afirmou ainda que o resultado expressa que “os elvenses quiseram dizer sim ao que foram os últimos quatro anos e quiseram dizer não ao regresso de alguém que se dizia dinossauro”.

Desta forma, o PS elegeu Nuno Mocinha (Presidente); Cláudio Carapuça (vice-presidente); Vitória Branco e Tiago Afonso.

Rondão Almeida conquistou três mandatos

O Movimento Independente liderado por Rondão Almeida “Elvas é o Nosso Partido” ficou em segundo lugar nesta corrida eleitoral, com 29,43%, a que corresponde 3.240 votos e elegendo três mandatos. 

Rondão Almeida justifica este resultado com uma “direita que não se revia nos seus candidatos (Tiago Abreu e Luís Caldeira Fernandes) tendo optado por votar em Nuno Mocinha, porque Rondão Almeida, enquanto presidente, foi sempre uma espinha na garganta da direita”.

Rondão Almeida deixou ainda um aviso à bancada socialista eleita, afirmando que “conto ser respeitado. Não tenho qualquer mágoa em relação a nada nem a ninguém”.

O Movimento Independente elegeu para os cargos de vereadores: Rondão Almeida; Sérgio Ventura e Anabela Cartas.

O CDS-PP nas votações à Câmara Municipal de Elvas obteve a terceira posição nas opções dos eleitores com 8,22% – 905 votos; PPD/PSD 4,96% – 546 votos; PCP-PEV 3,03% com 334 votos e BE 1,34% com 147 votos.

Votos em branco 1,50% com 165 votos e nulos 2,59% com 285 votos.

No total no concelho de Elvas registaram-se 57% de votantes – 11.009 votantes de um total de 19.314 inscritos.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.