ActualRegional
13 Maio, 2017

Central de Almaraz em debate em Nisa

A Quercus e a AZU, as Associações portuguesas que mais de perto têm seguido a questão do Nuclear e da Central de Almaraz ao longo dos últimos anos, vão organizar este sábado, 13 de maio, em Nisa um debate sobre o tema da Energia Nuclear e dos seus impactes ambientais. Como tema de fundo, vai estar também o trigésimo primeiro aniversário do acidente nuclear de Chernobil que se assinalou recentemente, e um debate que se vai focar nos impactes da Central Nuclear de Almaraz em Portugal, e em especial nas regiões situadas junto à fronteira, como é o caso de Nisa.

A Quercus considera que há um risco preocupante com as centrais nucleares espanholas na medida em que nem todos os fatores de risco foram considerados nos testes efetuados. “Não estão contemplados os riscos de agressões externas (atentados, quedas de aeronaves, etc.) nem são considerados os riscos em caso de acidentes naturais (sismos, inundações, etc) e os sistemas externos de gestão de socorro às centrais nucleares (bombeiros, guarda civil, etc).”

O Debate “Central de Almaraz, Energia Nuclear e Exploração de Urânio – impactes em Portugal” vai decorrer este sábado, na sede da Inijovem em Nisa pelas 20:30 horas e tem entrada livre.

Programa

Idalina Trindade – Presidente da Câmara Municipal de Nisa

João Malpique – Presidente da União das Juntas de Freguesia de Nisa

António Minhoto – AZU Ambiente em Zonas Uraníferas – Associação Ambiental

Nuno Sequeira – Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza

Jose Maria González Mazón – Adenex/Forum Extremenho Antinuclear

Luís Lourenço – Confederação Nacional da Agricultura

Peter Eden – Empresário turístico – Monte da Moita Raza – Marvão

Moderador: Miguel Pereira – AZU Ambiente em Zonas Uraníferas – Associação Ambiental

 

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.