Claúdio RamosOpinião
13 Setembro, 2017

…Os meus truques (e a história do livro)

(...) apetecia-me meter no papel o que é faço na prática e digo todos os dias: que poupar é possível, que deveria estar na base da educação.

… Mais um livro. É o nono. Olho para trás e vejo que todos fizeram sentido e todos marcaram uma fase.

O que importa agora é falar do mais novo ‘Os truques de Cláudio – para poupar de A a Z ‘ assim lhe resolvemos chamar, mas poderia ser outro nome.

Ficou este e resultou de um desafio muito interessante que a Guerra e Paz me fez há quase um ano.

O meu objectivo, no ano em que celebro 44 anos era fazer um livro que servisse para alguma coisa prática.

Não me apetecia contar uma história (está guardada na gaveta) apetecia-me meter no papel o que é  faço na prática e digo todos os dias: que poupar é possível, que deveria estar na base da educação e mais importante que isso, o que está no livro foi tudo testado por mim e por gente que me é próxima. É a realidade. Não é ficção. Ele estará nas bancas a 27 de Setembro, até lá não vou ser poupado nas novidades sobre ele que lhe pode chegar às mãos antes de chegar às bancas.

Foi todo feito a pensar em si, no seu dia-a-dia, que não é muito diferente do da maioria das pessoas.

Os exemplos, os exercícios, os truques, as razões, estão todas num livro que não precisa ser lido de A a Z de repente nem de uma vez, deve ser consultado.

Como eu gosto que sejam os livros práticos. Porque sozinhos não somos nada, queria agradecer à SIC que me volta a ajudar na realização de um sonho, à editora Guerra e Paz que confia em mim, à minha fiel Filipa Mateus que me assiste de forma primorosa e à Florbela Oliveira que todo conhecem, e que teve a gentileza de escrever o texto de abertura do livro.

Quem melhor para falar de finanças domésticas, senão alguém que conhece a economia do País real? Espero que gostem, que acreditem tanto como eu… e não me falhem.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.

Deixar uma resposta