Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
ActualRegional
31 Agosto, 2018

Reguengos de Monsaraz recebe Conferência Mundial de Enoturismo

A Conferência Mundial de Enoturismo vai decorrer no outono de 2020 em Reguengos de Monsaraz. Este evento reúne especialistas para analisar o setor do Enoturismo a nível mundial, debater as suas problemáticas e apontar estratégias para o desenvolvimento do turismo de vinhos, numa iniciativa promovida pela Organização Mundial de Turismo.

 

 

A Moldávia acolhe na próxima semana a 3.ª Conferência Mundial de Enoturismo e a quarta edição vai realizar-se em 2019 no Chile. Reguengos de Monsaraz recebe a quinta edição.

 

Ana Godinho, Secretária de Estado do Turismo: ”Iniciativa ajuda Portugal a transformar-se num destino imperdível de Enoturismo”

A Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, considera que “esta é mais uma conquista que vai ajudar a promover e posicionar Portugal internacionalmente como destino imperdível de Enoturismo.

 

José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz: “fase de ouro na promoção do território de Reguengos de Monsaraz no Mundo”

 José Calixto, Presidente da Câmara Municipal de Reguengos de Monsaraz, refere que “este evento de dimensão mundial representará o culminar de uma fase de ouro da promoção do território de Reguengos de Monsaraz no Mundo, a qual se iniciou com a proclamação pela RECEVIN – Rede Europeia de Cidades do Vinho do nosso território como Cidade Europeia do Vinho 2015. Cinco anos depois assumiremos a organização do maior evento que se realiza no Mundo sobre Enoturismo”.

Sobre o concelho de Reguengos de Monsaraz

O concelho de Reguengos de Monsaraz tem atualmente cerca de quatro mil hectares de vinhas e integra 10 produtores de vinho, que em conjunto produzem anualmente mais de 25 milhões de litros de vinho. Os enoturismos do Esporão e da Ervideira recebem cerca de 50 mil visitantes por ano.

 

Reguengos de Monsaraz foi a Cidade Europeia do Vinho em 2015, uma distinção atribuída pela RECEVIN – Rede Europeia das Cidades do Vinho que fomentou a realização de mais de 150 iniciativas promocionais em Portugal e no estrangeiro. No ano seguinte, a autarquia registou a marca Reguengos de Monsaraz – Capital dos Vinhos de Portugal e está a desenvolver uma campanha internacional de promoção que já teve ações de divulgação em feiras e congressos internacionais de turismo na China, Brasil, França, Polónia, Espanha e Alemanha.

 

Em 2017 registou 100 mil turistas

 Segundo o Município, o turismo está a crescer no concelho e no ano passado registou cerca de 100 mil turistas, representando um acréscimo de 12,4 por cento comparativamente com 2016.

Quem visita o concelho pode conhecer a vila medieval de Monsaraz, o Centro Oleiro de S. Pedro do Corval, considerado o maior do país com 22 olarias em atividade, os produtores de vinho e os seus enoturismos, os principais monumentos megalíticos como o Cromeleque do Xerez e o Menir do Outeiro, o Observatório do Lago Alqueva e a Fábrica Alentejana de Lanifícios que produz há mais de um século as tradicionais mantas.

Reguengos de Monsaraz assume desde 2016 a presidência da RECEVIN e este segundo mandato termina em 2020. A Recevin é uma rede formada pelas associações de vinho nacional dos 11 países membros (Alemanha, Áustria, Bulgária, Eslovénia, Espanha, França, Grécia, Hungria, Itália, Portugal e Sérvia) e integra cerca de 600 cidades europeias.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.