Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
ActualRegional
11 Setembro, 2019

Orquestra de Macau atua em Portalegre e Évora

A Orquestra de Macau regressa a Portugal para dar quatro concertos nas cidades de Portalegre, Évora, Coimbra, e Lisboa.

Os espetáculos surgem no âmbito do 20º aniversário da transferência de poderes da Administração Portuguesa de Macau para a República Popular da China e do 40º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas entre Portugal e a República Popular da China.

Sob a batuta do seu diretor musical e maestro principal, o Maestro Lü Jia, os concertos terão como solista a violinista alemã Clara-Jumi Kang.

Violinista alemã Clara-Jumi Kang

O primeiro concerto acontece no Teatro Garcia de Resende, em Évora, no dia 15 de setembro, às 17 horas. No dia 20 de setembro, às 21 horas, a Orquestra de Macau protagoniza o Concerto Especial de Poslúdio do 6º Festival Internacional de Música de Marvão, que decorre no Centro de Artes e Espetáculos de Portalegre.

Sobre a Orquestra de Macau 

Fundada em 1983, a Orquestra de Macau é uma das mais prestigiadas orquestras asiáticas com um repertório que inclui clássicos chineses e ocidentais de todos os tempos.

A Orquestra tem realizado várias digressões, incluindo na Áustria, Suíça, Portugal, Japão, Coreia e Taiwan, bem como concertos regulares nas principais capitais culturais da China, como Pequim e Xangai.

A Orquestra colabora regularmente com artistas e instituições de renome, como: Plácido Domingo, Krystian Zimerman, Boris Berezovsky, Leonidas Kavakos, Lang Lang, Sarah Chang, English National Ballet, Philadelphia Orchestra, Korean Chamber Orchestra, entre outras.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.