Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
ActualRegional
10 Outubro, 2019

Campo Maior recebe Seminário Internacional

“Por uma Europa mais inclusiva; o papel das organizações de Trabalhadores”.

Conhecer e divulgar a realidade do concelho de Campo Maior, os projetos da Câmara Municipal e do Grupo Nabeiro – Delta Cafés é um dos objetivos da realização de um Seminário Internacional, subordinado ao tema “Por uma Europa mais inclusiva; o papel das organizações de Trabalhadores”.

A FIDESTRA, Associação para a Formação, Investigação e Desenvolvimento Social dos Trabalhadores, com o apoio do EZA, e patrocinado pela Comissão Europeia, realiza em Campo Maior, nos dias 11 a 13 de outubro.

O seminário conta com cerca de  40 participantes provenientes de Portugal, Espanha, Itália, Polónia, Roménia e Hungria.

 Os objetivos estabelecidos para o presente seminário passam por:

  Conhecer e partilhar as boas práticas, dos países participantes e da visita in loco a diversas empresas/entidades que têm a boa prática de promover a igualdade de oportunidades, no sentido mais amplo, contribuindo para a construção de uma Europa cada vez mais inclusiva;

Visita a empresas/entidades que têm na sua prática e na (RSE) a promoção da igualdade de oportunidades.

Pilar Europeu dos Direitos Sociais

O tema central do Seminário Internacional, assenta no Pilar Europeu dos Direitos Sociais,  baseado nos 20 princípios fundamentais e  estruturados em torno de três categorias, sendo uma delas, a Igualdade de oportunidades e acesso ao mercado de trabalho;

Importa, por isso centrar a nossa atuação, para uma Europa mais inclusiva, no direito à igualdade de tratamento e de oportunidades no emprego, na proteção social, na educação e no acesso a bens e serviços

Importa dar particular atenção aos domínios do género, raça ou origem étnica, religião ou crença, deficiência, idade ou orientação sexual.

Espera a Organização que no final do Seminário, os participantes, em particular as organizações de trabalhadores estrangeiras, levem para os seus países as boas práticas que se implementam neste concelho Alentejano, reconhecendo que a “interioridade”, não é fator impeditivo de contribuir para uma Europa mais Inclusiva.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.