Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
ActualRegional
20 Outubro, 2019

Campo Maior: Emoção no Adeus a Ricardo Pinheiro

Assembleia da República: “Tenho Medo, mas vou e farei o melhor”.

Ricardo Pinheiro despediu-se com emoção dos Campomaiorenses, naquela que foi a última cerimónia pública nas funções de Presidente da Câmara Municipal daquela vila.

Ricardo Pinheiro, Presidente da Câmara Municipal de Campo Maior, nos últimos dez anos, formalizou este domingo, 20 de outubro, a sua despedida do cargo e dos campomaiorenses que o apoiaram nos últimos anos.  

“Trabalhei Honestamente”

Aproveitando o evento Festa dos Maiores, que reuniu mais de mil campomaiorenses, Pinheiro afirmou que esta foi “a melhor forma de terminar estes dez anos de trabalho”, acrescentando que “não sei se fiz o melhor, mas tudo o que fiz foi honestamente”.

Recorde-se que Ricardo Pinheiro, o autarca mais novo do país à frente dos destinos de uma Câmara Municipal, foi eleito nas últimas legislativas para o cargo de deputado na Assembleia Nacional pelo Partido Socialista pelo distrito de Portalegre.

“Hoje, dez anos depois, Campo Maior é uma vila diferente”

Ricardo Pinheiro exerce as funções de Presidente da Câmara Municipal de Campo Maior desde 2009. Agora, o autarca assume que “transformamos Campo Maior em algo completamente diferente. O país olha para nós de forma diferente. É certo que o Comendador Rui Nabeiro, através do Grupo Delta Cafés, trouxe desenvolvimento económico, temos desenvolvimento agrícola, novos projetos e investimentos e zelamos pelas boas práticas na função pública”.

O autarca que deverá assumir novas funções no Parlamento Nacional no final da próxima semana, reconhece que no decorrer do seu exercício de autarca, “fizemos acontecer. Hoje temos o reconhecimento da região e do país”.

A Obra

Relativamente à obra deixada, Pinheiro destaca a “recuperação das muralhas de Campo Maior; o Museu das festas das Flores; o posto de turismo”.

O autarca campomaiorense lembrou que “todo o desenvolvimento aconteceu por estarmos juntos”, exemplificado com o facto de garantirem “uma taxa de desemprego única no país; o apoio aos idosos, através do poder da autenticidade”.

Assembleia da República: “Tenho Medo, mas vou e farei o melhor”

Por último, Ricardo Pinheiro confessou que o novo caminho que o espera é aliciante, mas ao mesmo tempo incerto.

“Tenho medo. Não sei se somos capazes de continuar a representar a autenticidade de Campo Maior. Eu vou e farei o melhor que puder e sei, sendo certo que tudo farei com honestidade”.

Ricardo Pinheiro agradeceu ao povo de Campo Maior a confiança que depositaram no seu trabalho: “A verdade é que aceitaram uma criança para ser Presidente. Muito Obrigado por acreditarem em mim”.

A desempenhar funções na Assembleia da República, Ricardo Pinheiro admite que “vou ter de reaprender novos modelos e novas fórmulas de trabalho, mas sempre respeitando aquilo que é a minha essência, enquanto campomaiorense e alentejano. O Alentejo precisa de pessoas determinadas a defenderem determinados problemas. Eu tenho medo de saber se estou à altura deste desafio, mas vou faze-lo de forma muito empenhada e vou tentar perceber o mais rápido possível as melhores formas de resolver os problemas. Espero que os níveis de entrega e exigência comigo próprio continuem a ser os mesmos que até aqui”.

Ministério ou Secretaria de Estado?

Quanto à possibilidade de vir a desempenhar funções em alguma secretaria de estado ou ministério no próximo governo, Ricardo Pinheiro, é perempetório:

“Há lideranças partidárias que têm de ser respeitadas. Eu tenho 39 anos. Vamos esperar e tentar perceber de que forma é que eu posso ganhar valor acrescentado num determinado território”

“Quem forma governo é o Primeiro Ministro e da minha parte não houve qualquer conversação num ou outro sentido. Há um trabalho de dez anos e um modelo de gestão pública que tem sido referência em vários panoramas à escala nacional e qualquer dos cenários que possa acontecer é de enorme felicidade para mim”, afirmou.

João Muacho será o Presidente da Câmara de Campo Maior

Pinheiro deixou ainda um repto a todos os presentes para que lutem pela realização das Festas das Flores em Campo Maior no ano que vem, em 2020.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.