ActualEconomiaRegional
13 Março, 2019

ADEGA MAYOR traz duplo ouro para Portugal

Concurso Berlin Wine Trophy premeia vinhos da Adega Mayor.

A Adega Mayor conquistou mais duas Medalhas de Ouro num dos mais importantes concursos de vinhos do mundo– o Berlin Wine Trophy.

Conquista para Portugal e para o Alentejo

Uma conquista para Portugal e para o Alentejo e que reflete o equilíbrio dos vinhos Adega Mayor Reserva do Comendador 2015 e Adega Mayor Touriga Nacional 2016, que estiveram em destaque nesta conceituada competição que decorreu na Alemanha (Berlim) e que segue as regras estritas da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho).

 Rita Nabeiro: “Queremos criar vinhos que façam parte da memória de quem os bebe”

Rita Nabeiro, Diretora-geral da Adega Mayor, considerou que “esta conquista deixa-nos orgulhosos, e comprova a consistência da qualidade da Adega Mayor refletindo o trabalho que temos vindo a desenvolver. Queremos criar vinhos que façam parte da memória de quem os bebe e expressar ao máximo a nossa identidade, nomeadamente o norte Alentejano, Campo Maior e é sempre bom quando somos reconhecidos pelos júris mais exigentes”, sublinhou.

Distinções nacionais e internacionais

Avaliados por um painel internacional de provadores, estes vinhos produzidos na planície Alentejana de Campo Maior juntam-se à vasta lista de distinções nacionais e internacionais da marca, que já conta com mais de 300 galardões.

Poderá encontrar este e outros vinhos da Adega Mayor na loja online -http://loja.adegamayor.pt – nas lojas da especialidade e nas lojas Delta Q.

Sobre a Adega Mayor

Inaugurada em 2007, a Adega Mayor é o projeto vitivinícola do Grupo Nabeiro, onde a arte do vinho se cruza com a de Siza Vieira.

Com vinhas localizadas na Herdade das Argamassas e Herdade da Godinha, em Campo Maior, no Alentejo, a Adega Mayor tornou-se, desde logo, uma referência no enoturismo português por ser a primeira adega de autor construída em Portugal.

About this author

0 comments

There are no comments for this post yet.

Be the first to comment. Click here.

Deixar uma resposta